Aventura na selva de Sumatra

dscn6436

O Parque Nacional Gunung Leuser está localizado na ilha de Sumatra, norte da Indonésia. O parque é uma das maiores regiões de floresta tropical do planeta e lar de vários animais selvagens, como o Tigre de Sumatra, Rinoceronte Branco e Elefante Asiático, animais esses muito difíceis de serem avistados. O parque também é um dos 2 lugares na terra que se pode ver Orangotangos no habit natural. E vê-los foi uma das atrações do trekking de 2 dias nesta bela selva.  

Iniciamos o trekking na cidade de Bukit Lawang. Uma bela cidade às margens de um rio bem limpo, bem na entrada do imenso Parque Nacional Gunung Leuser.

dscn6177

A cidade já teve um centro de recuperação de Orangotangos, que eram capturados e tratados como animais de estimação na região, mas hoje eles foram resgatados e reintroduzidos na natureza. As trilhas no parque podem ser de 1 até vários dias. Quanto mais tempo na selva, maior a probabilidade de ver animais selvagens. Optamos pelo trekking de 2 dias para ter a experiência de dormir na selva. Não optamos por um maior por falta de tempo.

O trekking

Saímos bem cedo be Bukit Lawang, cruzamos a ponte e entramos no parque por uma trilha no meio da floresta. No começo uma grande subida até a floresta ficar mais densa.

No começo da trilha vimos alguns insetos diferentes e com 2 horas de trilha avistamos os primeiros orangotangos. Era impressionante eles escalando e usando seus longos braços para segurarem nas árvores.

Depois de um descanso e muitas fotos, continuamos a trilha. A floresta ficava cada vez mais bonita. As vezes ouvíamos o barulho dos Gibões, outros primatas grandes da região. Com o passar do tempo o calor tomou conta da trilha. Por sorte, a maior parte da trilha é feito na sombra, no meio da densa floresta.

dscn6325

Vimos algumas espécies de plantas interessantes no caminho, e estávamos procurando um local para parar e almoçar, quando surge a famosa “Mina”. Mina é uma Orangotango que é famosa por atacar os turistas. Ela é reconhecida pela cicatriz na cara, fruto de uma facada que levou de um guia quando atacou um turista. Mina veio em nossa direção e nosso guia a distraiu com uma banana para que pudéssemos correr. Foi o momento de adrenalina do dia.

Depois de escapar da temível Mina, paramos em um lugar para almoçar, onde descansava uma tímida tartaruga.

dscn6293

Após o almoço, continuamos a trilha e vimos mais alguns moradores

do Parque Nacional, como o famoso Thomas Leaf Monkey e o Blue Hornbill.

A trilha segue na parte alta da floresta até começarmos a baixar em direção ao rio, onde fica o acampamento. No caminho paramos para refrescar-nos em um pequeno rio cristalino. Em seguida a uma descida bem difícil e escorregadia.

No final da tarde chegamos na beira do rio. Era só seguir o rio para achar o acampamento. Nessa hora começou a chover e com a chuva o rio mudou de cor.

Pouco antes de chegar ao acampamento, um orangotango tentava esconder da chuva utilizando todas as folhas que via pela frente.

dscn6360

Chegamos ao acampamento e ainda estava claro, mas a chuva apertava. Dessa vez outra orangotango conseguiu ser mais efetiva e usou um guarda-chuva natural para proteger seu filhote da chuva.

dscn6443

Enfim, era hora de comer e descansar no acampamento para o segundo dia de trekking. O acampamento era aberto e não tinha qualquer proteção. Em uma floresta que têm tigres, rinocerontes e cobras venenosas isso não parece ser nada inteligente, mas segundo os guias não há qualquer perigo pois esses animais são muito ariscos e se assustam com o barulho feito pelos homens e ficam em áreas mais remotas do parque. Mas encontramos alguns turistas holandeses que viram uma King Cobra naquele dia de trekking, ou seja, elas podem não estar tão longe assim.

dscn6368

Durante a noite acordei algumas vezes com a lanterna para fazer uma inspeção na barraca e matei 2 aranhas, mas nada de cobra.

O segundo dia de trekking é mais light. Acordamos bem cedo e muitos animais estavams na beira do rio. Vários macacos e alguns orangotangos.

Fomos com o guia na trilha margeando o rio e procurando mais animais. Além de milhares de macacos, vimos um grande lagarto monitor que descia pelo rio.

dscn6489

Chegamos na cachoeira para um banho refrescante e voltamos no acampamento para nosso almoço.

dscn6515

Chegamos no acampamento e nosso guia preparou um almoço com frutas para nos despedirmos da selva.

Enquanto tirávamos foto para registrar nosso últimos momentos na selva e com o nosso guia Iyon, eis que surge Jackie, uma Orangotango com seu filhote, que resolve almoçar conosco. No começo foi um susto grande, mas o Iyon disse que ela era dócil e que, ao contrário da Mina, não oferecia qualquer perigo. O único perigo era ficarmos sem nossa comida, e foi exatamente o que aconteceu. Ela sentou do nosso lado e dividiu nosso almoço com seu filhote. Foi um momento tão mágico que nem nos importamos em ficar sem comida.

fb_img_1481385817277

Após o almoço com a Jackie, nossa volta era de rafting, em um bote improvisado. O guia amarra várias câmaras de ar de pneu de caminhão e monta nosso transporte. O rafting é bem legal rio abaixo e em 1 hora chegamos em Bukit Lawang. Um final incrível de uma aventura inesquecível.

Hospedagem em Bukit Lawang

Garden Inn: http://bukitlawang-garden-inn.com/

dscn6145

Empresa que contratamos o guia

Sumatra Paradise: http://www.sumatraparadise.com/

Como chegar

A ilha de Sumatra está ao norte da Indonésia. A porta de entrada da ilha é a cidade de Medan, uma das maiores da Indonésia. Bukit Lawang está a 5 horas de Medan. Existem ônibus regulares que fazem o trajeto, mas o tempo pode ser maior. Agências de trekking podem organizar o transporte privado.

dscn6149

Agradecimento aos companheiros de viagem

Maria Clara, Fernanda Ferreira e Vinícius Lima

 

Categorias: Ásia, Indonésia | Tags: , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: