Roteiro de viagem pela Tailândia – Parte 1

DSCF4605

Não é a toa que a Tailândia é o país mais visitado do sudeste asiático, pois possui muitas atrações como mercados exóticos, estádios com lutas de Muay Thai, culinária de primeira, templos, ruínas e praias maravilhosas. Além disso, o país pode ser usado como hub para conhecer os outros lugares da região, como Laos, Myanmar, Camboja, Vietnã e Malásia.

O principal ponto para entrada na Tailândia é a capital Bangkok. Para facilitar o entendimento, vamos dividir as áreas de interesse do país em 4 partes: Norte, Bangkok e arredores, Golfo da Tailândia e Mar de Andaman. No primeiro post será abordado Bangkok e arredores e o Norte da Tailândia, enquanto que o segundo post será dedicado às praias tailandesas.

mapathai

Bangkok e Arredores

Principal ponto de entrada, capital e maior cidade do país, a caótica Bangkok oferece muitas atrações dentro e nos arredores. Lugar ideal para experimentar a culinária do país, a noite e assistir as imperdíveis lutas de Muay Thai.

DSCF2189

Atrações de Bangkok

Grand Palace

Um dos principais pontos da cidade, a residência real é impressionante. A grandiosidade e a riqueza de detalhes são de deixar qualquer um boquiaberto.

DSCF2238

Não é possível entrar de bermuda ou camisa cavada. Os ombros devem estar cobertos. Roupas estão disponíveis para alugar na entrada, mas fique atento à placa atrás da banquinha de aluguel que informa que não é necessário pagar pelas roupas, você pode conseguir uma emprestada na administração do palácio.

DSCF2244

Wat Pho

O mais antigo templo da cidade e um dos maiores. Várias imagens de Budha e a grande atração, um Budha dourado de 46 metros, deitado. Como nos demais templos, você deve cobrir os ombros para entrar na área do Budha deitado.

DSCF2289

Wat Phra Kaew (Budha de Esmeralda) e Wat Arun são templos próximos ao Wat Pho que valem a visita.

Mercado de Chatuchak

Esse mercadão gigantesco é impressionante. Acha-se de tudo aqui. Desde comida tailandesa tradicional, até a mais exótica como grilos fritos e bicho de seda, souvenirs, artesanato, roupas e até animais como cobras, arraias e macacos (vivos).

DSCF2028

DSCF2055

DSCF2056

Vale a pena para fazer compras, pois os artesanatos e a roupas têm um preço muito bom (mas sempre é preciso negociar).

Kao San Road

Essa rua tradicional é o ponto de encontro dos mochileiros. Lojas, bares, massagem no meio da rua, ambulantes vendendo espetinhos de cobras e escorpiões, tatuagens, souvenires, roupas. Achei até uma barraca que falsificava qualquer coisa, desde passaporte à diploma.

DSCF2210

Luta de Muay Thai

Imperdível assistir Muay Thai no Estádio Lumpinee, templo das lutas no país. As lutas no estádio ocorrem em dias alternados. É bom checar a programação antes de planejar a viagem.

DSCF2081

Durante as lutas, toca uma banda que acompanha o ritmo da disputa. Ao final todos ganham um cd, contudo nenhum dos que ganhamos funcionou.

DSCF2098

Ótimo programa local.

http://www.muaythailumpinee.net/

Lebua at State Tower

Bar no último andar de um prédio com vista panorâmica da cidade (onde foi filmado “Se beber não case 2”).

Soy Cowboy

Bairro boêmio da cidade onde bares se misturam a boates de strip. Tailandesas vestidas de colegial e marinheiras tentam te convencer a entrar dentro das boates. Em algumas dessas boates é possível assistir o famosos “ping pong show”, mas nessa região é meio fake. É muito comum pessoas da boate tentarem convencer os turistas a entrarem prometendo o show, que na verdade não acontece. A intenção é apenas fazê-los consumir no local, pois todos na boate são coagidos a pedir ao menos uma bebida (que é caríssima).

IMG_1778

Os verdadeiros ping pong show ocorrem em guetos mais escondidos. Para quem não sabe, é uma apresentação de pompoarismo feito pelas tailandesas, que jogam bolas de ping pong, fumam e fazem outros malabarismos com a vagina.

Experiências Imprescindíveis

  • Fazer uma massagem tailandesa (as massagens costumam ser muito baratas e há várias opções, como apenas na cabeça, pés, costas, completa, reflexologia, entre outras) ;
  • Comer um Pad Thai tradicional (um macarrão em que há várias opções de alimentos que podem vir misturados, como frutos do mar, carne, tofu, etc.);
  • Tomar uma cerveja Singha;
  • Ver uma luta de Muay Thai;
  • Andar de Tuk-Tuk e Skytrain (no trânsito caótico de Bangkok pode ser uma opção mais ágil, mas frequentemente é uma aventura);
  • Passear de barco nos canais (Mae Nam Chao Phraya).

Arredores de Bangkok 

Ayuthaya

Antiga capital da Tailândia, cidade que merece ao menos um dia de visita. É possível fazer daytrips de Bangkok.

DSCF2111

O acesso é fácil, aproximadamente 1 hora de trem. Pode-se conhecer as ruínas de bicicleta ou alugar um tuk-tuk privativo.

DSCF2110 DSCF2125 DSCF2168

Amphawa Floating Market

Literalmente um mercado flutuante. Você aluga uma canoa e vai pelos canais conhecendo e comprando de tudo. Frutas, roupas, artesanatos e artefatos típicos tailandeses. Algumas bancas também estão em barcos e navegam ao longo dos canais.

DSCF4639

Onde ficar:

Lub D Siam Square

Um dos melhores albergues que já fiquei. Limpo, organizado e bem localizado. Ótimo custo benefício. Fica ao lado da estação de Skytrain Siam Square.

http://siamsquare.lubd.com

Como se locomover em Bangkok

O aeroporto internacional Suvarnabhumi fica muito distante da cidade e a melhor forma de ir para Bangkok é o Skytrain. Outras atrações podem ser visitadas pelo Skytrain, como o mercado de Chatuchak. É a melhor opção para fugir do trânsito caótico. Taxis e tuk tuks também podem ser utilizados, mas podem não ser tão eficientes.

Norte da Tailândia

Se você quer conhecer a verdadeira Tailândia, vá para o norte do país. Ouvi essa frase diversas vezes e confesso que não me arrependi de ir lá conferir.

DSCF4619

Chiang Mai

É a principal cidade e geralmente a base para explorar o norte do país. Muitas pessoas vão até lá para fazer os famosos cursos de massagem, culinária tailandesa e Muay Thai.

Atrações 

Old City

O centro histórico é muito interessante. Cheio de construções antigas, restaurantes e casas de massagem, em meio a tuk tuks e templos maravilhosos. Destaques para o Wat Phra Singh, Wat Phan Tao e Wat Chedi Luang, onde é possível conhecer as ruínas do templo que foi destruído pelo terremoto no século 16.

DSCF4412

Também é interessante a visita ao Tribal Museum, que conta a história das tribos que viviam no norte da Tailândia.

Doi Suthep

Um dos templos mais impressionantes do país. Fica no topo de uma montanha onde se pode ver toda a cidade.

DSCF4585

É local de peregrinação de religiosos. Muitas pessoas sobem a pé até o templo como pagamento de promessas.

DSCF4593

Chiang Mai Night Bazar

Feira de rua que ocorre à noite. Ótimo lugar para comprar souvenirs e comida típica tailandesa.

DSCF4610

Tiger Kingdom

Reserva de proteção dos tigres asiáticos, animal que já esteve ameaçado de extinção. Esse centro recupera tigres na natureza e também faz reprodução assistida. Os tigres são divididos em 4 áreas, de acordo com o tamanho: recém-nascidos, pequenos, médios e grandes. É possível entrar nas áreas para brincar com os tigres pequenos ou tirar fotos com os grandes. Os recém-nascidos e os grandes são os mais visitados.

DSCF4564

tigre2

Elephant Nature Park

Centro de criação e recuperação de elefantes asiáticos. Diferentes de outros lugares na Tailândia, aqui não se pode andar nos elefantes, somente alimentá-los, dar banho, tirar fotos e brincar com eles.

Chiang Rai

Pequena cidade quase na divisa com Myanmar. Famosa pelo templo mais bonito do país, o famosos templo branco de Wat Rong Khun.

DSCF4419 DSCF4425

Golden Triangle

O triangulo dourado é a região de fronteira entre Tailândia, Laos e Myanmar. Famosa pelas plantações de ópio, em uma visita pela região é possível conhecer cidades fronteiriças em ambos os vizinhos.

DSCF4444 DSCF4481 DSCF4456

É nesta região que fica a tribo das mulheres girafas, refugiadas de Myanmar.

DSCF4503 DSCF4512

Onde ficar:

Dozy House

Simples, barato, limpo e bem localizado… quer mais o que??

http://www.dozyhouse.com

DSCF4600

O post da próxima semana será a continuação deste, as belíssimas praias da Tailândia…

Agradecimento aos companheiros de viagem

Maria Clara, Renato Lobão, Tulio Canut, Thiago Castro, Fábio Cavalcante, Isaías Pontes e Rodrigo Barata.

Categorias: Ásia, Tailândia | Tags: | 8 Comentários

Navegação de Posts

8 opiniões sobre “Roteiro de viagem pela Tailândia – Parte 1

  1. Adorei o post! Estou planejando um mochilão pela Tailândia, Vietnã, Camboja e Bali no ano que vem e as informações de vocês foram, muito úteis e vão ajudar muito no roteiro.
    Só queria tirar uma dúvida: quanto tempo vocês acham que é ideal ficar em Bangkok? E em Chiang Mai? Dá pra ir de uma cidade para a outra de ônibus/trem ou o melhor é avião?
    Obrigada! =)

    • Oi Lígia.
      No Mínimo 3 dias para Chiang Mai e 3 para Bangkok, só a cidade. Se for conhecer os arredores como Ayuthaya por exemplo, acrescente mais uns dias. Na próxima semana vou postar a parte das praias e uma sugestão de roteiro de 2 semanas, que é um período razoável para conhecer a Tailândia.

  2. De Bangkok para Chiang Mai dá para ir de Trem, mas avião é bem mais rápido, confortável e a diferença de preço nem é tanta. A Bangkok Airlines tem bons preços, mais barato que a Thai Airlines.

  3. Pingback: Roteiro de viagem pela Tailândia – Parte 2 | z trip

  4. Thalita

    Oi, adorei a matéria, tenho uma dúvida, em relação a grana como vc fez? Sacou em espécie lá? Ou pagou com cartão de crédito….

  5. Adorei !!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: