Skyline Trail: As montanhas rochosas do Canadá vistas de cima

IMG_0333

As montanhas rochosas formam uma cadeia de montanhas que atravessa o leste do Canadá e vai até o norte dos Estados Unidos. Inúmeras atrações dos dois países estão localizadas nessa região. Destaque para os Parques Nacionais de Banff, Yoho e Jasper, todos eles no Canadá. O post de hoje vai abordar a trilha mais incrível desses parques. Uma travessia de três dias que permite um contato íntimo com a natureza e uma visão diferenciada da região: Skyline Trail.

Jasper

O Parque Nacional de Jasper está localizado nas montanhas rochosas do Canadá e é famoso principalmente por ser um dos lugares mais selvagens do país, com uma quantidade enorme de animais como alces, renas, veados, ursos e carneiros da montanha.

IMG_3805

É o maior parque das montanhas rochosas, mas é menos visitado que seu vizinho Banff. O parque possui inúmeras atrações, como cachoeiras, lagos, geleiras e trilhas.

IMG_3826

Uma delas é a Skyline Trail, uma trilha de 46 Km por cima das montanhas, que é tão bela quanto desafiadora.

Skyline Trail

Mais da metade da trilha é no topo das montanhas, o que faz com que o clima mude com muita facilidade, podendo atingir temperaturas muito baixas. Além disso, é uma trilha totalmente selvagem, onde os montanhistas tem que levar todo equipamento e alimento, além de estarem expostos aos animais selvagens do parque, como alces e ursos.

IMG_3922

A trilha tem início no Maligne Lake e vai até o Maligne Canyon. Pode ser feita nos dois sentidos, mas geralmente é feita nesse sentido pelo menor ganho de altitude, se tornando menos desgastante. No percurso existem seis locais para camping, de modo que a trilha pode ser feita em 2, 3 ou 4 dias.

IMG_3864

Campings:

1 – Evelyn Creek: 5 km

2 – Little Shovel: 9 km

3 – Snowbowl: 14 km

4 – Curator: 21 km

5 – Tekarra: 33 km

6 – Signal: 38 km

Optamos por fazer a trilha em três dias, dormindo a primeira noite no camping Snowbowl e a segunda no Tekarra. Os campings devem ser reservados com antecedência pelo site do parque.

skylinemap

É obrigatório levar spray anti-urso para a trilha. É possível comprar ou alugar o spray em Jasper Town. Durante a trilha, sempre existe a tensão pela possibilidade de encontrarmos um urso pardo, principalmente à noite.

IMG_3863

O spray deve estar sempre em lugar de fácil acesso, de preferência na cintura ou em algum bolso externo da mochila. Nos acampamentos é obrigatório que as comidas fiquem longe das barracas, amarradas em cimas das árvores. Todos os campings possuem cordas para amarrar as comidas sobre as árvores, bem como banheiros ecológicos e sinalização nos locais para montagem das barracas.

Alugamos um carro em Calgary para fazer essa viagem. Depois de visitar Banff e Yoho, chegamos a Jasper para fazer a trilha e fechar a viagem com chave de ouro. Ficamos um dia em Jasper Town preparando roupas, equipamentos e comidas para a trilha, antes de iniciarmos a grande aventura.

Trilha dia 1: 14 km/6 horas

Deixamos o carro alugado no estacionamento localizado no final da trilha, próximo ao Maligne Canyon e contratamos um transfer em Jasper Town (Maligne Shuttle) para nos pegar e levar até o início da trilha, de forma que quando terminássemos nosso carro estaria nos esperando.

IMG_0225

O transfer nos deixou no belíssimo Maligne Lake. Vale a pena uma pequena parada para contemplar o lago antes de iniciar a trilha. O início é bem próximo ao lago e é muito bem sinalizado, como toda a trilha.

Começamos a trilha animados. O primeiro dia é de muita subida. Fomos direto nos cinco primeiros quilômetros até o camping Evelyn Creek, onde tem uma ponte. Um lugar agradável para descansar e encher as garrafas de água.

IMG_3902

No próximo trecho, um grande susto. Estávamos caminhando quando ouvimos barulho de um animal na mata. Pelo barulho deu pra perceber que se tratava de um bicho grande. A correria foi grande até pegarmos o spray. De repente, duas renas saem do meio da mata e, para nossa alegria, começam a pastar e caminhar em nossa direção. Não era o temido urso pardo, mas também não era nenhum animalzinho inofensivo.

IMG_0212

As renas são os animais responsáveis por mais acidentes no parque, podendo ser tão perigosas quanto os ursos. Costumam atacar carros e pessoas com seus chifres afiados. Sendo assim, ficamos só observando à distância. Depois de algumas fotos, continuamos a trilha até o camping Little Shovel, onde paramos para almoço. Esse camping fica a uma altura razoável e as vistas já começam a ficar bonitas.

IMG_0263

Continuamos nossa caminhada até o nosso camping. Chegamos no Snowbowl e a chuva começou a cair para nos atrapalhar na montagem das barracas. Fizemos nosso jantar, guardamos a comida em uma sacola, a penduramos em cima da árvore e entramos para a barraca.

IMG_0265

Pensei que ficaríamos escutando barulhos e imaginando os tão temidos ursos, mas o problema foi outro: o frio. A chuva fina fez a temperatura baixar drasticamente quando anoiteceu. O frio dentro da barraca era insuportável. Por alguns momentos pensei que fosse morrer de frio. Eram só 10 horas da noite e a tendência era de que a temperatura caísse ainda mais na madrugada. A solução foi vestir todas as peças de roupa que tinha na mochila e rezar. Felizmente conseguimos passar a noite para continuarmos nossa trilha no dia seguinte.

Trilha dia 2: 19 km/9 horas

Acordamos cedo e felizes por sobreviver àquele frio extremo. Fizemos o café da manhã, desmontamos as barracas rapidamente e seguimos viagem, pois sabíamos que o segundo dia era o mais puxado. Logo depois do camping chegamos a uma planície muito bonita, cheia de árvores e flores. Foi nesse momento que vimos uns pequenos animais esquisitos andando em nossa direção. Eram as famosas marmotas. Já tinha ouvido falar, mas nunca tinha visto uma ao vivo.

IMG_0259

A partir dai a trilha tornou-se sensacional. A cada quilômetro vencido, uma nova paisagem surreal, afinal, estávamos andando em cima das montanhas.

IMG_0290

O lago Curator é outro ponto alto da trilha. Uma paisagem lunar onde marmotas pulam sobre as pedras. Vale ressaltar que essa parte da trilha é muito difícil. Terreno muito arenoso e acidentado, com muito barro e gelo.

IMG_3939

Em seguida, atingimos o ponto mais alto da trilha, The Notch, de onde se tem a vista panorâmica do parque.

IMG_0311

 

IMG_0336

De lá começamos a descida até o camping Tekarra, que fica um pouco mais protegido. Chegamos exaustos e ainda tínhamos que montar barraca e fazer o jantar.

IMG_0284

Também rezamos muito para não fazer o frio da noite anterior. Felizmente nossas preces foram atendidas.

Trilha dia 3: 13 km / 5 horas 

Acordamos, tomamos o café e preparamos nossas coisas para aquele que seria o dia mais tranquilo da trilha, já que a distância era menor e grande parte do percurso era descida. A caminhada foi muito agradável, passando por florestas muito bonitas, com muitos pássaros.

IMG_0354

A vista também é sensacional. Dos mirantes é possível ver várias montanhas e Jasper Town no horizonte. Também nesse dia encontramos as primeiras pessoas na trilha, já que nos dias anteriores só cruzamos com renas e marmotas.

IMG_0392

Para a nossa alegria, terminamos a trilha sãos e salvos e sem encontrar nenhum urso pardo. Geralmente as pessoas chegam ao final da trilha e vão conhecer o Maligne Canyon para fechar com chave de ouro.

IMG_3877

Como já havíamos conhecido no dia anterior, pegamos nosso carro e fomos direto para as águas termais. Exaustos da caminhada, valeu muito a pena relaxar nas águas quentes da Miette Hot Springs. Descanso mais do que merecido.

Felizmente não vimos o urso durante a trilha, mas tivemos a felicidade de ver um em um outro momento da viagem, em um local mais seguro em que não precisamos usar o nosso spray.

IMG_3966

Informações

O Parque Nacional de Jasper fica a 360km de Edmonton e 410km de Calgary. Geralmente é visitado em conjunto com os parques de Banff e Yoho.

Quando ir?

É recomendado realizar a trilha nos meses de julho, agosto ou setembro. Qualquer outro mês do ano você deve ser preparar para caminhar no gelo e enfrentar temperaturas extremas.

Hospedagem em Jasper

http://www.hihostels.ca/westerncanada/1478/HI-Jasper.hostel

Reserva de Campings para trilha

http://www.pc.gc.ca/eng/pn-np/ab/jasper/activ/ap-bc/permit-res.aspx

IMG_3934

Aluguel de Equipamentos

A Totem Ski Shop vende comidas embaladas a vácuo e aluga barracas, sacos de dormir, bastões de trekking, fogareiros e spray anti-urso. Além disso é necessário roupas para frio extremo, como segunda pele, fleece, anorak, gorro e luvas. Também são imprescindíveis capa de chuva para mochila e repelente.

http://totemskishop.com/

Transporte dentro do parque

http://www.malignelake.com/act_shuttle.html

Águas termais

http://www.pc.gc.ca/eng/voyage-travel/sources-springs/miette/miette.aspx

Agradecimento aos companheiros de viagem:

Eduardo Fernandes e João Tavares.

 

Categorias: América do Norte, Canadá | Tags: , , | 4 Comentários

Navegação de Posts

4 opiniões sobre “Skyline Trail: As montanhas rochosas do Canadá vistas de cima

  1. Ítalo

    Thiago!
    Muito legal aventura eim! Parabéns!
    Seguinte, vou ter a oportunidade de ficar em Toronto por 15 dias e queria ver se consigo fazer essa travessia. Como faço para chegar no parque a partir de Toronto? Tem ideia de quanto você gatou para fazer a trilha?
    Valeu!

    • Oi Ítalo. De Toronto você deve pegar um vôo para Edmonton ou Calgary e de lá tomar um ônibus ou alugar um carro até o Parque Nacional de Jasper. A trilha em si é barata. Você paga penas uma taxa de 60 dólares canadenses no parque, mas você tem outras gastos como comida, aluguel de equipamentos (barracas, spray anti-urso e saco de dormir) e transporte para uma das extremidades da trilha. Acredito que você estando em Jasper, uns 400 dólares canadenses sejam suficientes.

      Abraço

  2. Pingback: Skyline Trail: the Rocky Mountains of Canada seen from above | Eu Escolho Viajar

  3. Pingback: Camino de horizonte: las montañas rocosas de Canadá visto desde arriba | Eu Escolho Viajar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: