Bogotá, a capital mais vibrante da América do Sul

IMG_4242

Na década de 90, a Colômbia era considerada o lugar mais perigoso das Américas, com os guerrilheiros das Forças Revolucionárias da Colômbia – FARC alastrando o medo pelo país. Mas agora os tempos mudaram… Um país com lugares incríveis, como a Cordilheira dos Andes, praias maravilhosas e uma capital fantástica. Bogotá consegue unir história e modernidade em um ambiente alegre e rodeado por belezas naturais, atraindo cada vez mais turistas a conhecer esse país tão alegre.

Bogotá é a capital e maior cidade da Colômbia com aproximadamente 9milhões de habitantes. É um dos principais pólos turísticos do país, ao lado de Cartagena, Medellin e a ilha de San Andrés. A cidade possui um sistema de ônibus integrado (Transmilenio), semelhante a Curitiba no Brasil. A outra forma de locomoção são os taxis, que são baratos, se comparado a outras capitais.

Atrações

La Candelária

O bairro mais antigo de Bogotá. Andar pela Candelária é conhecer um pouco da história da Colômbia. Igrejas, becos e construções antigas se misturam a bandeiras da Colômbia, restaurantes de comidas típicas e os famosos cafés.

IMG_4269

Algumas atrações importantes estão localizadas em La Candelária, como a praça Simon Bolívar, o Palácio do Governo, o Centro Cultural Gabriel Garcia Marques e o Museo Casa de la Moneda.

IMG_4283

Ao lado da casa da moeda está um dos museus mais famosos de Bogotá, o Museo Botero. Fernando Botero é um dos mais famosos artistas colombianos e suas obras retratam gordinhos com muito humor, como por exemplo, a Monalisa Gorda. Vale a pena conhecer.

IMG_4460

Museo do Oro

Museu mostra diversas peças de ouro encontradas de civilizações pré-colombianas. Algumas das peças estão relacionadas a lenda do El Dorado, no qual os índios jogavam peças de objetos de ouro dentro de uma lagoa (Guatavita), surgindo depois um cacique dourado.

IMG_4337 IMG_4334

Monserrate

Um passeio imperdível, cartão postal da cidade. Uma montanha que se sobe de teleférico ou de funicular (trenzinho) e se tem a vista da cidade toda. É tudo muito bonito lá em cima, que tem uma feirinha, restaurante, igreja, além da vista espetacular da cidade.

IMG_5978 IMG_4403 IMG_4392

 Usaquém

Bairro tradicional da cidade. Um bom lugar para almoçar e visitar a feira típica do bairro para comprar produtos locais.

Plaza de los toros

Local onde ocorriam as touradas. Atualmente elas estão suspensas.

IMG_4251

Noite

A maioria dos restaurantes, bares, pubs e boates da cidade estão concentrados na Zona Rosa e no Parque de la 93. Pela lei do país os bares e boates só podem funcionar até as 3 horas da manhã, mas existem alguns lugares que funcionam clandestinamente até mais tarde, como por exemplo, a boate The End, que fica no 30º andar de um prédio com uma vista maravilhosa da cidade.

IMG_4240

Essa balada vai até o sol nascer. Basta perguntar aos taxistas sobre as “baladas clandestinas” que vão madrugada adentro.

Andrés Carne de Res

Você vai ouvir dos colombianos: “não se pode visitar a Colômbia e não ir no Andrés.” É uma espécie de bar, restaurante, boate, circo, hospício… é difícil explicar, mas é a Disneylandia de Bogotá… imperdível a visita!!! É caro, mas vale à pena chegar cedo, jantar e ficar pra balada. O maior e mais tradicional fica em Chia, a cerca de 40 minutos de Bogotá. Recentemente foi aberto o Andrés D.C., que fica na Zona Rosa. É muito legal também e vale a pena conhecer quem não conseguir ir no original.

IMG_4450 IMG_4440 IMG_5960

Passeios a partir de Bogotá

Catedral de Sal de Zipaquirá

Em uma antiga mina de sal foi construída uma catedral de sal impressionante. O passeio guiado de aproximadamente 1 hora leva os visitantes ao interior da mina, passando por galerias onde foram esculpidas no sal diversas figuras religiosas, até chegar no salão principal da catedral. A atração fica na cidade de Zipaquirá, a 60km ou 1 hora de Bogotá.

IMG_5946 IMG_5939

Laguna de Guatavita

Guatavita é um pequeno vilarejo a 90km de Bogotá. É uma cidadezinha bonita em que vale a pena dar uma caminhada ou passar para um almoço.

IMG_5917

Mas a principal atração fica no topo de um vulcão extinto, a Laguna de Guatavita. A partir de Guatavita são 17km até a entrada do Parque Natural Laguna de Guatavita. Para chegar a lagoa é preciso andar 2 km em aproximadamente uma hora, com paradas nos mirantes.

IMG_5898

A lagoa está relacionada com a lenda do El Dorado, onde um cacique realizava cerimônias religiosas com seu corpo coberto de ouro. No Museu do Oro em Bogotá é possível ver algumas peças relacionadas com a lagoa, como uma jangada banhada a ouro.

IMG_5889

Café

Não deixem de tomar um café na cafeteria Juan Valdês, a mais tradicional do país. A Colômbia também é conhecida por ter o melhor café do mundo.

Culinária Local

No café da manhã é muito comum comer tamal e arepa. Tamal é uma espécie de pamonha enrolada na folha de bananeira. E arepa como se fosse um pastel com a massa de milho e recheios variados (carne, queijo, frango).

No almoço também é possível encontrar arroz e feijão, mas um arroz grudado e feijão adocicado. Patacones (banana verde frita) são os principais acompanhamentos. É muito comum vir abacate na salada. E carnes também estão presentes.

IMG_5871

Uma comida exótica da Colômbia são as hormigas culonas, conhecidas no Brasil como tanajuras. As formigas podem acompanhar alguns pratos ou mesmo serem servidas como uma espécie de farofa de formigas.

Sugestão de Roteiro de 3 dias

Dia 1: Comece pelo Museu do Ouro e pela Igreja XXXX pela manhã. Vá caminhando para Candelária, onde tem várias opções de comida típica para almoço. À tarde visite a praça Simon Bolívar e o Museu Botero. Suba ao Monserrate para ver o pôr do sol. Jante no Parque de la 93 tomando uma cerveja Club Colômbia e se animar vá para as baladas da Zona Rosa.

Dia 2: Negocie com um taxi para fazer no mesmo dia os passeios para Laguna de Guatavita e Catedral de Sal. Após os passeios pegue um táxi ou uma excursão do albergue para o Andrés Carne de Res em Chia.

Dia 3: Descanse pela manhã, pois se você cumpriu o cronograma dos 2 dias anteriores você estará exausto. Almoce em Usaquém e depois vá a feira lá mesmo para comprar umas lembranças antes de pegar o vôo de volta para o Brasil.

Informações

Como chegar

A Tam e Avianca voam direto de Guarulhos para Bogotá. É possível ir com outras companhias, mas com escalas em outras cidades como Lima e Santiago.

Hospedagem

As principais redes de hotéis possuem filiais em Bogotá. Opções de hotéis não faltam na Zona Rosa, Macarena e outros lugares mais nobres da cidade.

Para uma experiência típica com hospedagem barata, recomendo o albergue Destino Nomada. Fica estrategicamente localizado em La Candelária.

http://destinonomada.com/

Agradecimento aos companheiros de viagem

Lucas Netto, Renato Lobão e Rafael Bovi

Categorias: América do Sul, Colômbia | Tags: | 2 Comentários

Navegação de Posts

2 opiniões sobre “Bogotá, a capital mais vibrante da América do Sul

  1. Pingback: Bogota, the capital of South America's most vibrant | Eu Escolho Viajar

  2. Pingback: Más vibrante de Bogotá, la capital de América del sur | Eu Escolho Viajar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: