Vietnã parte 1: A Guerra

DSCF3682

Um lugar com belezas naturais fantásticas e  cultura tradicional muito peculiar. Comida boa e muito barato para se visitar. É triste que este lugar seja mais conhecido pela guerra do que qualquer outra coisa. Pois bem, este é o Vietnã, um país incrível no sudeste asiático que deve constar obrigatoriamente em qualquer roteiro de viagem pela região, seja turismo por agência ou mochilão.Na minha passagem de uma semana pelo Vietnã, em 2013, conheci apenas uma pequena parte desse belo país, tempo suficiente para visitar lugares maravilhosos e ficar com vontade de voltar logo.

Localizado no sudeste da Ásia, o Vietnã é um país de extensão territorial não muito grande, estreito, porém extenso, semelhante ao Chile. Por isso as viagens entre as principais cidades podem ser longas. Ele possui aproximadamente 90 milhões de habitantes e faz fronteira com a China ao norte, Camboja e Laos à oeste.

vietnan

Conheci o Vietnã a durante um mochilão de 40 dias pelo sudeste asiático, chegando via terrestre pelo Camboja e saindo via aérea em direção ao Laos. Tive como base para explorar a região as duas maiores cidades de país, Ho Chi Minh City, a maior cidade, ao sul e Hanói, a capital, ao norte:

Ho Chi Minh City

Chamada Saigon quando capital do Vietnã do Sul, a maior cidade do país é uma metrópole muito vibrante, com vida noturna agitada, comida típica por toda parte e um trânsito caótico. Atravessar a rua pode ser uma missão impossível no meio da loucura das milhares de motos que trafegam até pelas calçadas.
DSCF3599
A cidade mudou de nome após a independência do Vietnã, em 1976, para homenagear o revolucionário e antigo presidente do Vietnã do Norte: Ho Chi Minh. Ele é realmente o herói nacional. Liderou o país na guerra contra a França pela libertação da região da Indochina e mais tarde contra os Estados Unidos. Seu corpo está embalsamado em Hanói.

Falando em Guerra, o sul do Vietnã foi palco da Guerra do Vietnã (1955 – 1975) e os principais atrativos da região estão relacionados a essa guerra, que foi a única derrota  dos Estados Unidos em toda a história. A guerra culminou com a vitória do Vietnã do Norte, retirada das tropas americanas e unificação com o Vietnã do Sul.

Túneis de Cu Chi

A rede de túneis a uma hora de Ho Chi Minh City é um dos passeios mais interessantes que já fiz na minha vida. O labirinto de estreitos túneis foi fundamental para a vitória do Vietnã na guerra.

2

DSCF3656

No meio da selva foram construídos os túneis e várias armadilhas contras os americanos. No passeio é possível visitar os túneis, conhecer as armadilhas e assistir vídeos da guerra. DSCF3649

A ida de barco até os túneis permite ver um pouco da realidade atual de comunidades ribeirinhas do país. Ao final do passeio é possível atirar com as armas da guerra, especialmente a famosa AK-47. Essa arma também teve uma importância muito grande na vitória do Vietnã. Fabricada e fornecida aos combatentes vietnamitas pela Rússia comunista, a arma funcionava na água e na lama da chuvosa região, diferente das armas norte americanas que paravam de funcionar, favorecendo os vietnamitas durante a guerra.

DSCF3671

DSCF3679

Museu da Guerra do Vietnã

Museu localizado no centro de Ho Chi Minh City. Conta a história da guerra e conta com um acervo incrível de armas, veículos e fotos.

DSCF3574

Uma sessão que me deixou chocado nesse museu foi a parte sobre as armas químicas. As fotos das pessoas deformadas são muito chocantes. Apesar da tristeza de visitar o local, recomendo muito para quem gosta de história, principalmente de guerras.

DSCF3583

DSCF3589
Ben Thahn Market

O mercado da cidade é uma atração a parte. Nada tem preço, tudo é negociável. Local ideal para treinar a arte de pechinchar. É possível comprar roupas, artesanatos e muitas coisas diferentes, como comidas exóticas, frutas gigantes e bebidas com cobras e escorpiões.

DSCF3696 DSCF3700

Outras atrações

Palácio da Reunificação, Catedral de Notre Dame, Museu da Medicina Tradicional Vietnamita, Praça Ho Chi Minh e Cao Dai Temple.

DSCF3604
Informações
Visto
Brasileiros precisam de visto para visitar o país. O visto pode ser solicitado na Embaixada do Vietnã em Brasília.

http://www.vietnamembassy-brazil.org/pt/

Hospedagem Econômica

http://saigonbackpackershostel.com/

Como chegar

Quase todas as cidades grandes do sudeste asiático possuem vôos regulares para HCMC. Normalmente brasileiros chegam na região por Kuala Lumpur (Malásia), Bangkok (Tailândia) ou Singapura.

Por via terrestre é possível chegar de ônibus ou van a partir das principais cidades ou fronteira do Camboja e eu fiz dessa forma. Fomos de van a partir de Siem Reap, do Camboja.

DSCF3608

continua…

Vietnã parte 2: A Paz

Agradecimento aos companheiros de viagem

Renato Lobão, Fábio Cavalcante, Túlio Canut, Rodrigo Barata, Thiago Castro e Isaías Pontes.

Categorias: Ásia, Vietnã | Tags: | 1 Comentário

Navegação de Posts

Uma opinião sobre “Vietnã parte 1: A Guerra

  1. Pingback: Vietnã parte 2: A Paz | z trip

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: